Uma Empresa Social feita de Picolés

Sabem a verão, sabem a Portugal, sabem a Brasil!

Depois de ver a Zé Picolé em alguns eventos, fui entrevistar o Ricardo França que iniciou este projeto em 2014 e se tornou real em 2016.

Estudou Sociologia e Desporto, trabalhou como Animador Sociocultural e Orientador Educativo na área de Educação Física.
Quem é empreendedor é também um colecionador de ideias de negócio, daquelas que aparecem num flash e se apontam num livrinho pequeno, Quem sabe um dia.

Em 2013 Ricardo não conseguiu colocação como professor e o quebra-cabeças não era fácil de resolver. Foi aí que apontou as suas ideias de negócio e começou a trabalhá-las da melhor forma.
No ano de 2014, com o apoio do Instituto de Empreendedorismo Social (IES)nasceu a Zé Picolé.

Mas para se criar uma empresa é preciso muito mais do que ideias, e isso é o que faz qualquer um evoluir.

– Como iniciar um negócio sem o dinheiro necessário para investir?

– Que tipo de marca vou criar? Que símbolos devo associar?

– Como chegar aos primeiros clientes?

O Ricardo descobriu como fazer isto tudo – criar contactos, falar com pessoas, partilhar ideias e construir parcerias.
Foi assim que surgiu a primeira oportunidade de investimento. Um Fundraising com o apoio do Gula4Good e de seguida um Crowdfunding com o apoio do IES.
Estes picolés começaram por ser vendidos em eventos. A aceitação foi muito boa porque o sabor, a textura, a cor são realmente diferentes, e o preço equilibrado com a qualidade – é como comer fruta mas em forma de picolé!

O Ricardo teve a necessidade de um espaço para produzir em maior escala – encontrou no Mercado Municipal de Ermesinde o que procurava, criando assim a sua Unidade de Produção Artesanal, que já é certificada.

Com vontade de aumentar a sua rede de distribuição e de marcar presença nas praias, a Zé Picolé tem em vista participar em mais eventos e Streets Markets, estando a preparar a chegada de novos sabores, como a última novidade, o picolé de Mojito.

Novidades – a partir de março vai também haver serviço de animação!

Se vão organizar um evento ou querem dar uma festa liguem ao Ricardo!

 

Visitem o site (em construção) e a página de Facebook da Zé Picolé!

27751953_1594030314038393_8841396299896406820_n


«Picolés para Diabéticos, Celíacos, Veganos e para quem quer manter a “forminha” também. Não há desculpa» Ricardo.

 

One thought on “Uma Empresa Social feita de Picolés

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: