Coração Alecrim – a cara metade da sustentabilidade.

Quem disse que em Cedofeita só há bares e restaurantes? Coração Alecrim vai já a caminho do seu terceiro aniversário e é de lá que chega a nova entrevista do Billionway.

Esta não é a primeira experiência no mundo dos negócios por parte da Rita, que tinha já tido uma loja anteriormente, onde realizava o restauro de algumas peças de mobiliário. Mas foi há três anos que o Coração Alecrim nasceu; Rita e Filipa mantiveram-se no mesmo espaço, mas com ideias renovadas.

Há ainda alguém no Porto que nunca tenha ouvido falar do Coração Alecrim?

Esta é uma empresa original. Vende roupa, louça, ilustrações, plantas e elementos decorativos, todos com algo em comum – foram concebidos tomando por princípio a sustentabilidade – são fundamentalmente produtos portugueses e remontam a um estilo vintage. Toino Abel, uma marca de Alcobaça, é de onde chegam os cestos manufaturados; La Paz, de onde vêm algumas peças de roupa e acessórios; Arminho, blocos de notas e peças de louça; – são algumas das marcas com que a empresa trabalha. Mas no que toca a moda há mais- a empresa tem a sua própria marca que enverga nome próprio, sendo um projeto a crescer e a ser desenvolvido ao longo daquele que é o percurso da loja.

A página online funciona ainda como loja online, o que se torna uma ferramenta muito útil, uma vez que muitos dos clientes são de outros países; o valor a pagar por estas peças é mais elevado do que numa loja comum mas mais uma vez fala-se de qualidade, é a diferença entre comprar, por exemplo, dois casacos durante um ano ou ter um casaco para uma vida. Os portuenses também visitam a loja e são clientes habituais mas no que toca a esta mudança de paradigma existem outros países que ainda levam a melhor.

O conselho de Rita não podia ser melhor «Se vão iniciar algo, força, mas sejam originais, façam algo diferente»; e é bem capaz de ser este o segredo de o Coração Alecrim para ter sido a primeira loja a iniciar-se com este tipo de conceito e de ter sempre alguém lá dentro a ver, a questionar e a comprar.

Esta empresa é um grande exemplo, demonstra que o caminho da sustentabilidade pode coincidir com o caminho do lucro, que a originalidade e a criatividade não são meramente um complemento mas sim o fundamento e que se consegue chegar bem longe sem sair da própria rua.

Se passarem pela Travessa de Cedofeita, visitem o Coração Alecrim!

Saibam mais aqui.

 

a2


*foto gentilmente cedida por Coração Alecrim.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

Create a website or blog at WordPress.com

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: